Vivendo Pela Palavra

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Home Antropologia A Imagem de Deus - Agostinho

A Imagem de Deus - Agostinho

E-mail Imprimir PDF

A IMAGEM DE DEUS – AGOSTINHO

vivendopelapalavra.com

Revisão, diagramação e versos acrescentados (RA) por: Helio Clemente

 

Efetivamente, como o proclama não só a mais reta razão, mas também a autoridade do próprio Apóstolo, não foi segundo a forma do corpo, mas segundo a mente racional que o homem foi criado à imagem de Deus. É certamente opinião indigna e sem fundamento a que imagina que Deus é circunscrito e delimitado pelos contornos de membros corpóreos.

Além disso, o mesmo bem-aventurado Apóstolo não diz: Renovai-vos pelo espírito da vossa mente e revesti-vos do homem novo, do homem que foi criado segundo Deus, e não diz noutro passo mais abertamente: Despindo-vos do homem velho com as suas obras, revesti-vos do homem novo, que se renova no conhecimento de Deus, segundo a imagem daquele que o criou?

Efésios 4,23-24: “E vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade”.

Se, pois, somos renovados pelo espírito da nossa mente (entendimento), e esse é o homem novo que se renova no conhecimento de Deus segundo a imagem daquele que o criou, ninguém tem dúvida de que não foi segundo o corpo, nem segundo uma qualquer parte do espírito, mas segundo a mente racional, onde o conhecimento de Deus pode residir, que o homem foi feito segundo a imagem daquele que o criou.

E é segundo esta renovação que nos tornamos também filhos de Deus pelo batismo de Cristo e, revestindo-nos do homem novo, revestimo-nos de Cristo pela fé. Haverá, pois, alguém que possa excluir as mulheres desta participação, quando elas são conosco co-herdeiras da graça e quando o mesmo apóstolo afirma noutro passo: Todos vós sois filhos de Deus pela fé em Jesus Cristo.

Pois todos os que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo. Já não há judeu nem grego, nem escravo nem homem livre, nem homem nem

mulher; pois todos vós sois um em Cristo Jesus?

Gálatas 3,26-28: “Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus”.

Será então que as mulheres crentes deixaram de ter sexo? Mas, porque as mulheres se renovam à imagem de Deus, onde não existe sexo, então o homem foi feito à imagem de Deus, onde não existe sexo, isto é, no espírito

da sua mente. Portanto, por que motivo é que o homem não deve cobrir a cabeça, porque é a imagem e a glória de Deus, ao passo que a mulher o deve fazer, porque é a glória do homem, como se a mulher se não renovasse no espírito da sua mente, espírito que se renova no conhecimento de Deus segundo a imagem daquele que o criou?

Mas, porque se distingue do homem pelo sexo do corpo, no seu véu corpóreo pode justamente estar figurada aquela parte da razão que se desvia

para o governo das coisas temporais, de forma a que a imagem de Deus não permaneça senão naquela parte em que a mente do homem se dedica a contemplar ou a refletir sobre os princípios eternos, parte que, é evidente, têm não só os homens, mas também as mulheres.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario

busy
 

Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: "Julgai todas as coisas, retende o que é bom". Louvado seja Deus!

  • Temos para download 713 Livros
  • Este site tem um total de 1649 itens publicados em Artigos

Adicionar aos Favoritos

Adicione aos Favoritos!

Estatísticas

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até outubro de 2017:
934.835
Total de páginas visitadas até setembro/2017:
2.405.646