Vivendo Pela Palavra

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Home Catecismo O Chamado Eficaz

O Chamado Eficaz

E-mail Imprimir PDF

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER

PERGUNTA 31 - Que é vocação eficaz? Resposta: Vocação eficaz é a obra do Espírito Santo, pela qual, convencendo-nos do pecado e da miséria, iluminando o entendimento e mudando a nossa natureza nos habilita para receber Jesus Cristo.

Esta pergunta trata sobre algo de tremenda importância, mas que é relegado ao esquecimento: nenhum pregador, nenhum missionário, nenhuma igreja tem o poder de chamar uma pessoa à salvação, quem faz este chamado é Deus através do Espírito.

Este chamado é feito, usualmente, pela pregação fiel da Palavra, desta forma, a obrigação do pregador é levar o conhecimento da Palavra de maneira fiel, conforme a Escritura, quem explica a Palavra, faz o chamado e infunde a fé é unicamente o Espírito Santo.

 

Ezequiel 36,26: “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis”.

O povo escolhido por Deus tem sua salvação garantida eternamente, pois Deus provê a escolha de seu povo, provê a redenção em Cristo e provê o chamado eficaz pelo Espírito, que inclui todos os meios que conduzem o eleito à salvação e à perseverança.

2 Timóteo 1,9: “Que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos”.

O chamado eficaz (vocação eficaz):

A salvação é uma pré-ordenação do Criador, portanto, não é a Igreja quem chama, quem o faz é Deus, que utiliza a Igreja para comunicação do chamado, mas Deus não depende dela para a salvação dos eleitos, a igreja é o instrumento da ação divina e não o agente.

O Deus que predestinou para a salvação, também preordenou todos os meios conducentes pelos quais o eleito seja chamado, justificado e preservado nesta salvação.

João 6,37: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”.

Depois da queda, todos os homens são, por natureza, filhos da ira e merecedores da máxima punição, ninguém será salvo pelas obras da lei ou por sua justiça própria, pois em Adão todos pecaram e não existe mais no homem a capacidade de fazer o bem.

Salmo 14,3: “Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer”.

Como é realizada, de forma prática, esta vocação, ou chamado, eficaz? Todos são pecadores, mas pelo conselho único de sua vontade, Deus não apenas destinou muitas destas pessoas para a glória, como também preordenou todos os meios para este fim.

Efésios 2,10: “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”.

Vemos desta forma que não existem santos que são salvos e pecadores que são condenados, mas somente pecadores, alguns condenados e outros, também pecadores, que são chamados à comunhão de Cristo unicamente pela graça de Deus.

1 Coríntios 1,9: “Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor”.

A justiça de Deus e a justiça dos homens: Se alguém é chamado, a justiça necessária não tem origem em seu mérito, mas é provinda unicamente da justiça de Cristo através da graciosa concessão de Deus, caso contrário, Cristo teria morrido em vão.

Efésios 1,4-5: “Assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.

A liberdade do homem e a vocação eficaz: Jesus Cristo morreu em lugar do seu povo, sem opção ou escolha da parte do homem:

Jesus é Deus encarnado, não morreu para alguém completar sua obra, morreu em para trazer ao seu povo a sua justiça perfeita, propiciando a vocação dos escolhidos do Pai.

Romanos 3,23-24: “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus”.

Não pense nunca que você não é digno, não pense nunca que você não será chamado por ser pecador, não depende de quem quer, mas de Deus usar sua misericórdia.

Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido, aquele que acredita ser justo deverá salvar a si mesmo, pois, sendo justos não precisam da justiça de Cristo.

Lucas 19,10: “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido”.

Conclusão:

O chamado de Deus é eficaz e produz frutos, as boas obras dos homens não provêm deles, mas de Deus que as preparou na eternidade para que seus filhos andem nelas.

Efésios 2,10: “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”.

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario

busy
 

Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: "Julgai todas as coisas, retende o que é bom". Louvado seja Deus!

  • Temos para download 713 Livros
  • Este site tem um total de 1649 itens publicados em Artigos

Adicionar aos Favoritos

Adicione aos Favoritos!

Estatísticas

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até outubro de 2017:
934.835
Total de páginas visitadas até setembro/2017:
2.405.646