Vivendo Pela Palavra

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Home Escritura
Escritura

O Uso da Lei na Escritura - Helio

E-mail Imprimir PDF

O USO DA LEI NA ESCRITURA

vivendopelapalavra.com

Por: Helio Clemente

A utilidade da lei: A lei tem três utilizações principais na Escritura:

- O uso político: Atende ao propósito de restrição do pecado e promoção da justiça.

Vemos abaixo, no livro do profeta Samuel, um claro exemplo de que a lei se destinava à obediência, tanto de reis como do povo em geral, esta era uma forma de limitar o poder dos soberanos e trazer o povo a uma obediência superior àquela demandada pelos homens.

1 Samuel 15,22: “Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros”.

 

E a Bíblia Tinha Razão - Introdução - Werner Keller

E-mail Imprimir PDF

E A BÍBLIA TINHA RAZÃO – W. KELLER (INTRODUÇÃO)

vivendopelapalavra.com

Comentário inicial por: Helio Clemente

 

Werner Keller, arqueólogo, era um ateu convicto e iniciou seus estudos sobre as pesquisas arqueológicas na região do oriente médio com a intenção de contestar os livros da bíblia, mas no decorrer de suas pesquisas ele foi cada vez mais se convencendo que a bíblia estava certa em todas as suas afirmações. Converteu-se ao cristianismo e escreveu um livro que se tornou best-seller internacional – E A Bíblia Tinha Razão.

Werner Keller:

Nenhum livro da história da humanidade jamais produziu um efeito tão revolucionário, exerceu uma influência tão decisiva no desenvolvimento de todo o mundo ocidental e teve uma difusão tão universal como o “Livro dos Livros”, a Bíblia.

 

Teoria da Linguagem - N. Geisler

E-mail Imprimir PDF

TEORIA DA LINGUAGEM – O REALISMO - NORMAN GEISLER

vivendopelapalavra.com

Revisão e diagramação por: Helio Clemente

REALISMO: UMA ALTERNATIVA AO ESSENCIALISMO E AO

CONVENCIONALISMO

A visão convencionalista de significado a linguagem é claramente uma reação exagerada ao essencialismo platônico. Entretanto, existe uma terceira alternativa que evita tanto a rigidez do essencialismo quanto o relativismo do convencionalismo: o Realismo.

 

A Destruição de Nínive - Helio

E-mail Imprimir PDF

A DESTRUIÇÃO DA ASSÍRIA

vivendopelapalavra.com

Por: Helio Clemente

 

Historiadores e arqueólogos modernos se surpreendem com a rapidez com que a Assíria foi dominada; sua capital, Nínive era uma cidade extremamente fortificada, com tropas disciplinadas, treinadas e armadas para resistir a qualquer investida por muito tempo e Nínive caiu em pouquíssimo tempo.

A conclusão que os historiadores chegaram é que Nínive caiu devido a catástrofes naturais logo antes a invasão babilônica. Chuvas torrenciais, saraiva e ventos em velocidade assombrosa provocaram a ruptura do açude superior da cidade e a destruição dos muros. Os guerreiros babilônicos encontraram a cidade desprotegida com seus soldados completamente apavorados e a ocuparam rapidamente.

 


Página 5 de 7

Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: "Julgai todas as coisas, retende o que é bom". Louvado seja Deus!

  • Temos para download 717 Livros
  • Este site tem um total de 1653 itens publicados em Artigos

Adicionar aos Favoritos

Adicione aos Favoritos!

Estatísticas

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até outubro de 2017:
934.835
Total de páginas visitadas até setembro/2017:
2.405.646