Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até abril de 2019:
1.075.835
Total de páginas visitadas até abril 2019:
2.837.874

Mais Baixados

Cristologia

A LUZ DO MUNDO

A LUZ DO MUNDO

Todas as coisas na bíblia são de fácil entendimento? O que diz a Confissão de Fé?

A clareza bíblica: Na Escritura não são todas as coisas igualmente claras em si, nem do mesmo modo evidentes a todos; contudo, as coisas que precisam ser obedecidas, cridas e observadas para a salvação são tão claramente expostas, que os incultos, com o uso dos meios comuns, podem alcançar uma suficiente compreensão delas.

A luz do mundo: Certos fatos revelados na Escritura, tais como a Trindade, a encarnação, e a ressurreição de Cristo fogem à compreensão finita do homem e devem ser aceitas como doutrinas reveladas. Quem faz esta revelação?

Cristo é a luz do mundo, é ele que ilumina todo homem com a luz do conhecimento, esta luz é transmitida a todos os homens, sem exceção, pela consciência, pelo raciocínio e pelo conhecimento em todas as suas formas.

Salmo 36,9: “Pois em ti está o manancial da vida; na tua luz, vemos a luz”.

Todavia, àqueles escolhidos para a salvação, a mente de Cristo é a Palavra de Cristo, a revelação especial: a Escritura.

1 Coríntios 2,16: “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo”.

A Escritura não é de tal forma complexa, que somente possa ser compreendida por ministros e doutores em teologia, também não é uma literatura tão simplificada que possa ser entendida por qualquer pessoa.

A Palavra demanda conhecimento e entendimento, sendo que o conhecimento vem pelo ouvir e pelo estudo, o que está ao alcance de qualquer pessoa, mas o entendimento somente é dado aos eleitos pelo Espírito que neles atua. A finalidade da bíblia é o conhecimento de Deus e da salvação do homem, para isso ela foi dada.

A clareza da bíblia somente vem pela compreensão e aceitação da doutrina da justificação pela fé, que é um dom de Deus aos seus eleitos.

A aceitação da soberania de Deus na predestinação eterna dos réprobos e dos eleitos, salvos em Cristo, abre o entendimento da Escritura, tornando claras suas afirmações.

Quando as pessoas buscam, na bíblia, achar suporte para seus próprios pensamentos, o sentido da Escritura se perde, Martinho Lutero afirma que a compreensão da doutrina da justificação pela fé faz de qualquer pessoa um teólogo, ao contrário a negação desta doutrina faz de qualquer teólogo um tolo, perdido em seus próprios devaneios.

Romanos 9,11-13: “E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal (para que o propósito de Deus, quanto à eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama), já fora dito a ela: O mais velho será servo do mais moço. Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú”.

Por este motivo, os líderes e mestres da igreja somente são merecedores de respeito quando aceitam e se submetem sem considerações ou ressalvas à Escritura em sua íntegra.

Estes princípios devem ser levados seriamente na vida familiar, profissional, e, sobretudo, na igreja, pois a moderna igreja evangélica está totalmente voltada para a satisfação do homem em detrimento da sã doutrina, como deveria ser.

Lucas 21,33: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão”

Veremos a seguir uma declaração feita pelos evangélicos confessionais nos EUA em 1988, que deve servir como guia para os ideais de uma igreja fiel.

DECLARAÇÃO DE CAMBRIDGE: Em lugar de adaptar a fé cristã para satisfazer as necessidades da congregação, devemos proclamar a Lei de Deus como medida única da justiça, e o evangelho de Cristo como a única proclamação da verdade salvadora. A Bíblia, portanto, precisa ser ensinada e pregada na igreja, os sermões precisam ser exposições da Bíblia e de seus ensinos, não a expressão de opiniões pessoais ou de notícias da atualidade. Não devemos aceitar menos do que aquilo que Deus nos deu.

Isaías 8,20: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva”.

Oração: Pai eterno, Deus amado, conceda Pai, que em nossa ignorância procuremos com desvelo o conhecimento de tua Palavra, abre nossos olhos e nossos ouvidos, permita que sejamos iluminados pela luz de Cristo, em quem todos os tesouros da sabedoria estão ocultos, revela-nos a tua palavra e conta-nos entre os teus filhos, eu te peço em nome de Jesus, amém.

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário