Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até novembro de 2018:
1.040.321
Total de páginas visitadas até novembro 2018:
2.664.026

Mais Baixados

Teológicos

A PLENITUDE DO MEDIADOR – JOHN GILL

Este sermão sem dúvida é um dos melhores sermões que já publicamos. Nele John Gill muitíssimo lindamente nos fala sobre a plenitude do nosso Mediador, Jesus Cristo.

Quando vejo estes temas abordados por pregadores mais antigos dos séculos XVII, XVIII e XIX, principalmente os ingleses, e a forma tão bíblica e cristocêntrica com a qual eles abordavam tais temas, e depois quando olho para os temas das pregações atuais sobre prosperidade, cura, exorcismo, relacionamentos e toda sorte de artifícios humanos e satânicos, não posso deixar de concluir que o “evangelho” pregado hoje — principalmente nas igrejas pentecostais e nas igrejas da prosperidade (Universal, Mundial e etc.) — não é o Evangelho de Cristo, mas “outro evangelho” o qual não é outro senão a doutrina de Mamom e Satanás.

Porém aqui há conhecimento de Deus na Pessoa de Jesus Cristo segundo as Escrituras de maneira bíblica e fiel. Oh, quão lindamente Gill fala das plenitudes e perfeições do grande mediador dos pecadores remidos, maravilhas de maravilhas são expostas sobre a plenitude do grande Mediador e Sumo sacerdote da igreja.

Conversando outro dia com uma pessoa piedosa, ela me disse que é como se Gill não se atrevesse a usar as suas próprias palavras ao escrever, e de fato assim é, o tempo todo ele está, ora citando as Escrituras literalmente e ora parafraseando-a, isso ele faz como nenhum outro, talvez Arthur Pink seja semelhante, mas não chega ainda a este excelentíssimo dom do príncipe dos teólogos Batistas.

Ó, não me atreverei a introduzir tal tema levando devido a debilidade da minha pena. Assim sendo, somente posso exorta-lhes fervorosamente que tomem este escrito leiam-no e comam da gordura e bebam da doçura a respeito de nosso Sempre-Bendito Mediador Jesus Cristo.

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário