Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até outubro de 2018:
1.035.642
Total de páginas visitadas até outubro 2018:
2.647.499

Mais Baixados

Comentários Bíblicos

Efésios – Introdução e comentário – Francis Foulkes

PREFÁCIO DO AUTOR
Nestes últimos cem anos, foram poucas as epístolas do Novo Testamento que tiveram, em inglês, comentários dignos de nota. Entre estas encontra-se a de Efésios. Nosso estudo dessa epístola foi enriquecido pelo trabalho judicioso de Armitage Robinson, Westcott e Abbott no texto grego, pelas exposições práticas de inestimável valor, de Findlay e Dale, e, acima de tudo, pela obra do Bispo Handley Moule, cujo trabalho sempre combina a cuidadosa erudição com a aplicação devocional. A esses mencionados, e a outros (professores, pregadores e alguns autores) cujos escritos freqüentemente muito me auxiliaram, confesso-me devedor e expresso minha gratidão; haverá, porém, casos em que, por insuficiência de dados, não poderei sequer saber a quem devo agradecer a colaboração.
Na introdução são estudados ligeiramente problemas ligados à natureza característica de Efésios, à relação da epístola com outros escritos neotestamentários, à autoria e à sua destinação original. Estes problemas, embora sejam interessantes, parecem ser menos importantes para a compreensão desta epístola, o que não é o caso da maioria das demais cartas do Novo Testamento. Não considero, portanto, a Introdução, como a parte mais importante deste comentário. Diferentemente do que fizemos no estudo da epístola aos Gálatas, apresentamos aqui tão- somente o ensino doutrinário, sem aplicações diretas a problemas específicos; os preceitos morais são apresentados como nas epístolas aos Corítitios, mas sem referências aos problemas peculiares de uma igreja. Pelo visto, o estudo da linguagem e do pensamento exposto na epístola em si. é que nos guiará, mais profundamente, ao entendimento que o escritor tem da glória de Deus em Cristo e da suprema vocação daqueles que passam a viver nEle. SirEdwin Hoskyns perguntou certa vez: “É possível estudar numa língua e despertar para a Verdade? É possível sepultar-se num léxico e ressuscitar na presença de Deus?” Muitos já descobriram que, de fato, isso é possível, principalmente quanto às palavras desta epístola, à qual Coleridge se referiu como “uma das mais divinas composições humanas.”
FRANCIS FOULKES

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário