Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até setembro de 2018:
1.031.328
Total de páginas visitadas até setembro 2018:
2.632.612

Mais Baixados

Apocalipse Escatologia

FIM DO MUNDO – HELIO

FIM DO MUNDO?

vivendopelapalavra.com

Por: Helio Clemente

 

Todos temos visto, no noticiário, previsões sobre o fim do mundo: Previsões de Nostradamus, calendário Maia, final do milênio e por aí vai… Todas as previsões apresentadas até hoje resultaram em um fiasco total, depois do fracasso das previsões surgem as mais diversas explicações, mas nenhuma realmente convincente, o fato é que o fim do mundo virá como um ladrão, ninguém sabe aquele dia ou hora.

Mateus 24,36: “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai”.

Todavia, o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netaniahu, fez uma declaração recente (Setembro/2012), que nos leva a uma situação de hecatombe mundial iminente, pode não ser o fim do mundo, mas as coisas nunca mais serão as mesmas depois disto.

Os inimigos de Israel, sempre de plantão, agiram céleres em condenar a declaração, que segundo eles, deveria ser feita em privado, mas ao contrário, é a primeira vez que uma declaração deste nível é feita abertamente para todo o mundo.

Mateus 10,27: “O que vos digo às escuras, dizei-o a plena luz; e o que se vos diz ao ouvido, proclamai-o dos eirados”.

Por que esta declaração foi feita desta forma, abertamente, desprezando todo cuidado diplomático?

Por um fato muito simples, após Obama assumir o governo dos Estados Unidos, este tradicional aliado tem se afastado cada vez mais e quando o primeiro ministro de Israel procurou o presidente dos Estados Unidos para esta conversa, não foi recebido.

O que acontece?

Os Estados Unidos dependem visceralmente do petróleo que provém dos países islâmicos e o Irã, além de ser um dos maiores produtores de petróleo, tem liderança na fraternidade islâmica e tem geograficamente uma posição super privilegiada no Golfo Pérsico, por onde passam a maior parte dos navios petroleiros procedentes do mundo árabe, podendo facilmente impedir esta passagem.

Muito bem, abandonado pelo seu antigo aliado, resta a Israel defender-se das investidas do mundo árabe, cujo objetivo é claramente declarado: Destruir Israel a qualquer custo.

O que expôs Netaniahu?

O Irã está próximo a completar o desenvolvimento da tecnologia para construção de ogivas nucleares e o mundo ocidental não tomou nenhuma providência efetiva para controlar o programa nuclear do Irã. Dentro de seis meses o Irã terá levado a cabo todas as etapas preliminares para desenvolvimento da tecnologia e materiais para construção destas ogivas.

Qual o problema do tempo?

As fases do desenvolvimento tecnológico iraniano são conhecidas de Israel, o término desta fase preliminar dar-se-á em seis meses. Durante este período, são necessárias instalações gigantescas que são detectáveis por vários meios: Satélites, vôos não tripulados, informações confidenciais etc. Findo este prazo, o Irã poderá construir as ogivas em pequenas fábricas com equipamentos que não são detectáveis, ou seja, completamente clandestinas.

Qual o problema real?

Israel está em um impasse final. Abandonado pelo mundo ocidental, restam duas opções: Permitir que o Irã conclua o seu programa nuclear e ser simplesmente varrido do mapa ou atacar as instalações nucleares antes do término dos seis meses fatais.

Analistas internacionais interpretam o discurso de Netaniahu como uma clara declaração de guerra. O Irã será bombardeado e terá suas instalações de desenvolvimento de pesquisa nuclear destruídas, antes de seis meses, caso os países ocidentais não tomem uma providência séria, e não vão tomar, a dependência do petróleo é como uma droga poderosa, cria dependência que tem se mostrado irreversível até o presente momento.

Portanto, em qualquer das opções que se apresentam, nenhum país em todo o mundo escapará ileso deste conflito, vamos aguardar e observar com cuidado, a data de alerta, por enquanto é: Março/2013.

Como dissemos acima, não será o fim, Deus reserva para si a prerrogativa da destruição final, o fim do mundo não se refere à terra, mas a todo o universo. Todavia, caso este conflito aconteça, todo o sistema de vida que conhecemos agora será completamente transtornado após este evento, nada mais será o mesmo depois disto.

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário