Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até novembro de 2018:
1.040.321
Total de páginas visitadas até novembro 2018:
2.664.026

Mais Baixados

Doutrina da salvação

OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO – M. BEZERRIL

Moisés deve ser considerado como cumprimento parcial do Pacto Abraâmico. Foi ele o instrumento para libertar Israel da escravidão e torná-lo numa nação. Foi ele quem trouxe Israel para as margens da terra prometida a Abraão. Moisés era um tipo de Cristo, por preencher os três ofícios do Messias. É sob Moisés que encontramos o sistema sacrificial e o sacerdócio, o que aponta para a obra do Messias. A ele também foram dadas as diretrizes para a construção do tabernáculo, que era um tipo de Cristo. Assim, Moisés era o início do cumprimento do pacto feito com Abraão, sendo ele mesmo, e mais um grande número de instituições sombras da Nova
Aliança.

 

INTRODUÇÃO
Devemos nos lembrar do método reformado de interpretar o Velho Testamento através do Novo Testamento. Como mais um exemplo, vejamos o texto de Gl 4:21-31.
Qual a importância de Moisés na história da redenção?

MOISÉS, UM TIPO DE CRISTO
Moisés deve ser considerado como cumprimento parcial do Pacto Abraâmico. Foi ele o instrumento para libertar Israel da escravidão e torná-lo numa nação. Foi ele quem trouxe Israel para as margens da terra prometida a Abraão. Moisés era um tipo de Cristo, por preencher os três ofícios do Messias. É sob Moisés que encontramos o sistema sacrificial e o sacerdócio, o que aponta para a obra do Messias. A ele também foram dadas as diretrizes para a construção do tabernáculo, que era um tipo de Cristo. Assim, Moisés era o início do cumprimento do pacto feito com Abraão, sendo ele mesmo, e mais um grande número de instituições sombras da Nova Aliança.
Tema predominante do pacto sinaítico: Soteriologia O lugar mais importante no qual devemos colocar Moisés é na história da redenção. O período mosaico é o período mais rico do Velho Testamento em matéria de revelação soteriológica. É neste período que devemos encontrar todo o entendimento embrionário da soteriologia da Nova Aliança. Assim como não entenderemos os conceitos de salvação e vida eterna se não entendermos a relação entre os dois Adão (I Co 15:20,45), ou seja, se não conhecermos o relato de Gênesis sobre o pacto adâmico, teremos dificuldades em entendermos bem a obra salvadora de Cristo. Da mesma forma, se não conhecermos a soteriologia embrionária do pacto sinaítico, também teremos muita dificuldade para entendermos temas como, eleição incondicional, expiação limitada, bem como todo o restante de temas soteriológicos da Nova Aliança, que em essência é a mesma coisa do Velho Testamento.

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário