Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até julho de 2020:
1.277.431
Total de páginas visitadas até julho de 2020:
3.924.272

Mais baixados

Literatura clássica

Os meninos do Brasil – Ira Levin

Icon

Os meninos do Brasil - Ira Levin 772 KB 23 downloads

...

Enredo

Yakov Liebermann é um velho caçador de nazistas baseado em Viena, onde comanda um centro que recolhe documentação sobre crimes contra a Humanidade perpetrados durante o Holocausto.

Em setembro de 1974, Liebermann recebe um preocupante telefonema de um jovem que lhe informa que acabara de interceptar conversações telefônicas de Josef Mengele, o médico dos campos de concentração que executava experimentos em judeus durante a Segunda Guerra Mundial. De acordo com o jovem, Mengele havia acionado o Kameradenwerk (rede de apoio aos oficiais nazistas após a guerra) para levar a cabo um estranho trabalho: seis nazistas deveriam matar 94 homens, que compartilham alguns traços comuns. Todos os homens são civis e todos devem ser assassinados numa determinada data.

Antes que o jovem pudesse terminar o telefonema, ele é abruptamente interrompido e a ligação é cortada.

Liebermann hesita sobre o que fazer, pois recebe muitos trotes e pistas falsas. Todavia, o que o jovem lhe havia contado parece verossímil e decide agir. Uma caçada a Mengele e seus “meninos” tem início.

O AUTOR E SUA OBRA
Alguns críticos já definiram Ira Levin como um dos mais brilhantes
discípulos da escola de Alfred Hitchcock, aquela que reúne os chamados
“mestres do suspense”. Enquanto o velho Hitchcock arrepia multidões em
salas de cinema, Ira Levin vem se transformando num conhecido escritor de best sellers, onde a intriga, o medo e o mistério arrebatam milhares de
leitores em todo o mundo.
Natural de Nova York, onde nasceu a 27 de agosto de 1929, Ira Levin
era um escritor em busca do sucesso desde 1953, época em que escreveu o
primeiro romance, “A kiss before dying”. Porém, foi somente em 1967 que
Ira Levin viu realizado o seu objetivo: nesse ano, ao ser editado o romance
“Rosemary’s baby”, o seu nome passaria a ser rapidamente conhecido, com
o livro esgotando as tiragens em poucas semanas. E chegaria ao êxito
absoluto um ano depois, quando o diretor Roman Polansky transformou “O
bebê de Rosemary” numa das fitas mais célebres da história do cinema de
suspense.
Autor de “Este mundo perfeito” (1972) e “As possuídas” (1974),
lançadas no Brasil, Ira Levin continua nesta obra a técnica de opressão e de
intriga que domina com desenvoltura: “Os meninos do Brasil” (1976) narra
a ambição de um ex-nazista em deflagrar o aparecimento do IV Reich na
América Latina — uma fantasia que o desenvolvimento da engenharia
genética poderá converter em aterradora realidade.

Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário