Aviso

Somos um site cristão, em conformidade com os padrões reformados, não concordamos obrigatoriamente com as opiniões emitidas nos livros postados, todavia, sabemos que um cristianismo saudável somente pode ser exercido através do conhecimento. Desta forma, sigamos o conselho do apóstolo: “Julgai todas as coisas, retende o que é bom”. Louvado seja Deus!

ESTATÍSTICAS

vivendopelapalavra.com
Na internet desde Outubro/2011
Total de visitas até agosto de 2019:
1.126.243
Total de páginas visitadas até agosto 2019:
3.112.596

Mais Baixados

Comentários Bíblicos

Salmos 38 – 41

Salmos: Lição 9

Estes Salmos de Davi são os últimos do Livro I. Refletem bem alguns dos principais temas dos Salmos e, especialmente, dos escritos do segundo rei de Israel. Ele fala do arrependimento e da impossibilidade de achar felicidade longe de Deus. Portanto, ele expressa seu desejo intenso de sempre andar em comunhão com o Senhor: “Quanto a mim, tu me susténs na minha integridade e me pões à tua presença para sempre” (41:12).

Salmo 38     O Pecador Arrependido Pede a Ajuda de Deus

1-8       O homem sobrecarregado de pecado pede a misericórdia de Deus. Compare

Romanos 7:24 e considere a profundeza da tristeza e do arrependimento verdadeiro que encontramos neste Salmo. Também pense no alívio que Jesus oferece ao pecador (Mateus 11:28-30)

9-16 Rejeitado e desprezado pelos homens, Davi busca Deus com todo o coração. Medite na importância da declaração dele no versículo 9: “Na tua presença, Senhor, estão os meus desejos todos”. Compare Filipenses 4:8 e Mateus 6:21

17-22 Davi se sentia fraco e incapaz de resistir os seus inimigos. Mostrou a sua determinação de fazer o bem, e pediu que Deus o salvasse

Salmo 39     O Homem Aflito Reconhece a Vaidade da Vida

1-3       Davi, sofrendo enquanto os ímpios prosperavam, tentou se calar para não pecar com alguma reclamação contra Deus. Afinal, ele não conseguiu se conter, e começou a falar

4-6       Ele queria saber de Deus sobre a sua expectativa de vida, pois percebeu que a vida do homem é curta, é pura vaidade

7-11 Ele pediu alívio, não querendo que os perversos falassem mal dele por causa do seu sofrimento

12-13 Ele implora a Deus, pedindo alívio do seu sofrimento

Salmo 40     Confiança em Deus, o Libertador

1-3       Davi encerrou o Salmo 39 pedindo socorro, e abre Salmo 40 dizendo que Deus o ouviu e o salvou. Quando Deus nos salva, ele nos coloca em terra firme e nos dá motivo para adorá-lo

4-5       Deus merece o louvor por causa das inúmeras maravilhas que tem feito (veja João 21:25)

6-8       O que Deus deseja do homem é a sua obediência, e não sacrifícios por pecados

cometidos contra a vontade do Senhor (veja 1 Samuel 15:22). O autor de Hebreus usa estes versículos para mostrar que os sacrifícios de animais não satisfaziam a Deus, assim explicando a necessidade do sacrifício de Jesus (Hebreus 10:5-7).

9-10 O salmista, resgatado da perdição pela graça de Deus, fala abertamente sobre as boas-novas da salvação. Quando nós realmente apreciamos a salvação em Cristo, falaremos com outras pessoas

11-12 Ele pede livramento dos seus próprios pecados

13-17 Estes versículos são quase idênticos ao Salmo 70. Aqui Davi repete a sua petição por livramento, e pede também que Deus deixe os ímpios envergonhados enquanto liberta os que confiam nele

Salmo 41     Davi Busca a Compaixão de Deus

1-3       O Senhor abençoa e protege o homem que se compadece dos necessitados (veja 37:21)

4          Davi pede a compaixão de Deus, reconhecendo o seu próprio pecado. As palavras dele (sara a minha alma) mostram que o pecador não precisa somente de perdão, que tira a culpa “legal” do pecado. Precisa de renovação, para ser curado da corrupção do pecado (veja 51:10)

5-9       Davi sentiu-se afastado de Deus e vulnerável aos ataques dos inimigos que se regozijaram na sua calamidade

10-12 Ele olhou para o perdão de Deus, e viu a proteção, a comunhão e a restauração de sua integridade. Deus, de fato, sarou a alma dele!

13        Este versículo é a doxologia do Livro I.

Perguntas

Responda às seguintes perguntas sobre Salmos 38 – 41.

Salmo 38

  1. Por que Davi se sentiu doente?
  2. O homem é capaz de se livrar do pecado?
  3. No Novo Testamento, quem nos oferece alívio do fardo pesado da iniqüidade?
  4. Compare 38:9 e 37:4. Como estes dois versículos desafiam o servo de Deus hoje?

Salmo 39

5. O que o Salmista aprendeu sobre a vida do homem – até do homem firme – na terra?

6. Devemos nos considerar forasteiros e peregrinos aqui? Como esta atitude influenciará a nossa vida?

Salmo 40

7. Conforme o versículo 2, como devemos entender a nossa salvação?

8. Por que Davi não falou de todas as maravilhas de Deus?

9. O que Deus quer mais do que sacrifícios e ofertas?

10. Quem veio para fazer a vontade de Deus perfeitamente?

11. A pessoa que realmente valoriza a sua salvação fará o quê (versículos 9-10)?

12. Qual outro Salmo é quase idêntico aos últimos 5 versículos de Salmo 40?

Salmo 41

13. Qual qualidade do homem justo é destacada no versículo 1?

14. Por que Davi pediu a compaixão de Deus?

15. Quando pecamos, o que a nossa alma precisa?

16. Depois de ser perdoados por Deus, que tipo de relacionamento podemos ter com ele?


Sobre o autor

Hélio Clemente

Meu nome é Helio Clemente: Tenho 72 anos, sou engenheiro, brasileiro, divorciado, graduado pela USP em 1967. Não defendo ou divulgo nenhuma denominação em particular, cristianismo é somente o evangelho, e o evangelho é toda a Escritura, desde o Gênesis até o Apocalipse.

comente

Clique aqui para enviar um comentário